Cosmiatria e Procedimentos

Fototerapia UVB-NB e PUVA

Fototerapia é a modalidade terapêutica que aplica exposições repetidas e controladas de radiação ultravioleta para alterar a fisiologia cutânea de modo a induzir a regressão ou controlar a evolução de diversas dermatoses, muitas de alta incidência e difícil controle, trazendo resultados muito satisfatórios.

 

As primeiras descrições do uso da fototerapia datam de 1400 e dizem respeito à prática dos hindus e emprego de plantas medicinais associado à exposição ao sol para tratamento de vitiligo. Foi, porém, a partir de 1903, quando Niels Finsen recebeu o prêmio Nobel pelo sucesso do tratamento de lúpus vulgar com a radiação ultravioleta, que a fototerapia começou a ser realmente estudada e praticada para tratamento de várias dermatoses.

A exposição da pele à radiação ultravioleta A (UVA) ou ultravioleta B (UVB) pode ser feita, sob supervisão médica, através de uma cabine fechada ou unidades portáteis de diferentes tamanhos. Estes aparelhos emitem radiação de modo controlado e o tratamento segue protocolos bem definidos pelas sociedades médicas.

A radiação ultravioleta A é utilizada em combinação com fotossensibilizantes, modalidade conhecida como terapia PUVA (associação de Psoraleno com UVA). Já a radiação ultravioleta B pode ser aplicada de forma isolada, não sendo necessário o uso de medicações fotossensibilizantes. Na modalidade denominada terapia UVB narrow-band (UVB-NB) as lâmpadas usadas têm espectro de emissão com pico entre 311 e 313nm.

Cabine de Fototerapia

Cabine de Fototerapia UVB-NB


Fototerapia é utilizada para tratar uma grande variedade de dermatoses.
As melhores indicações para a fototerapia são:

  • Psoríase
  • Vitiligo
  • Linfoma Cutâneo de Células T – Micose Fungóide
  • Parapsoríase
  • Eczema crônico
  • Pitiríase liquenóide crônica e aguda
  • Líquen plano
  • Esclerodermia
  • Doença enxerto-contra hospedeiro
  • Papulose linfomatóide
  • Pustulose palmoplantar
  • Pruridos (autotóxico, causa renal, relacionado ao HIV, secundário à Policitemia Vera)
  • Erupção Polimorfa Solar
  • Pitiriase Rósea
  • Foliculite Eosinofílica
  • Foliculite Pustulosa
  • Dermatite seborréica
  • Pitiríase rósea
  • Mastocitose
  • Granuloma anular
  • Doença de Grover
  • Dermatose pustulosa subcórnea
  • Urticária crônica idiopática
  • Púrpura pigmentar progressiva crônica
  • Necrobiose lipoídica
  • Protoporfiria eritropoiética
  • Vasculite livedóide
  • Entre outras…

 

Bibliografia:

J Am Acad Dermatol 2011;64:936-4.

An Bras Dermatol. 2007;82(1):7-21.

An Bras Dermatol. 2006;81(1):74-82.

J Am Acad Dermatol 2005;52:660-70.

Confira também:

http://www.diamundialdapsoriase.com.br/tratamentos.html